A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no último final de semana mais de cinco toneladas de camarão em Ipixuna do Pará, no nordeste do estado. Segundo a PRF, o material estava mal armazenado e não possuía nota fiscal. O material apreendido será inutilizado.

De acordo com a PRF, o produto estava embalado em caixas dentro de um semi-reboque, atrelado a um carro. Segundo os policiais, o material foi descoberto devido ao forte cheiro de camarão no veículo.

No carro, os policiais encontraram mais de 260 caixas com o produto. Todas estavam cobertas apenas por uma lona, em temperatura ambiente. Algumas embalagens estavam molhadas, indicando que o produto pode ter sido embalado ainda congelado.

Em depoimento, o motorista do veículo disse que vinha do estado do Piauí e entraria em contato com uma pessoa de Benevides para fazer a entrega. No entanto, não havia documento que comprovasse a procedência da carga e que autorizasse o transporte do camarão. O motorista foi encaminhado para a delegacia de Ipixuna e deve responder por transporte de mercadoria sem nota fiscal.

A carga foi levada para a Agência de Defesa Agropecuária (Adepará). A mercadoria estava imprópria para o consumo humano.

– G1 Pará

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Folha do Caeté
Carregar mais por Destaque

Veja Também

Helder Barbalho é alvo de megaoperação da PF que investiga o desvio de R$1,3 bilhão da saúde

O governador do Pará Helder Barbalho e outros integrantes da cúpula do governo são alvos n…